Metas

Por Isabel Piñeiro

No livro Nunca deixe de tentar, Michael Jordan ressalta a importância de fixar metas a curto prazo, manter o foco e não se deixar paralisar pelo medo, nos transmitindo como sempre encarou o fracasso como mola propulsora para novas tentativas.

Nos depoimentos de pessoas vitoriosas como ele, considerado o maior jogador de basquete de todos os tempos, é que devemos nos apoiar. Por isso, a leitura é fundamental para o líder, bem como para todo o profissional que quer se realizar e ter sucesso como aliado.

Considerando que o profissional de vendas trabalha com a frustração e a superação diariamente e necessita sempre de ferramentas para ampliar a resiliência, a determinação e a persistência, tais espelhos são essenciais, pois encerram em si a garra desses vencedores e o caminho que trilharam para tal. Sempre caminhos diferentes de profissionais que tiveram resultados positivos devem ser diretrizes para nós.

Metas fixadas a curto prazo sempre na nossa vida auxiliam a trilhar o caminho de protagonistas de nossa história. Assim, tiramos o “barquinho da correnteza” e passamos a direcionar o barco de nossas vidas. As metas devem estar presentes em todos os segmentos de nossas vidas e em todos os momentos, facilitando a direção como hábito diário.

Mas, para fixar metas plausíveis e coerentes, precisamos conhecer nossa capacidade de tomar decisões e aprimorá-la também. O equilíbrio razão-emoção é fundamental para tomadas de decisão eficazes, assim como não ter receio de perguntar quando não sabemos ou temos dúvidas.

Há vários pontos importantes para sermos eficazes no estabelecimento de metas e para alcançarmos o sucesso em tudo aquilo que quisermos:

  • Manter sempre a humildade.
  • Acreditar mais em si mesmo.
  • Saber que sempre pagamos um preço por tudo o que fazemos.
  • Não pensar muito nas consequências se tendemos a ser mais negativos, pois, se pensarmos muito, acabamos não fazendo.
  • Saber aonde se quer chegar para traçar o caminho, afinal, “se não sabemos para onde vamos, qualquer caminho serve”.
  • Não se deixar intimidar pela pressão da competitividade acentuada que vivemos.
  • Manter o comprometimento conosco em primeiro lugar.
Há muitos outros pontos, o importante é sempre se atualizar, buscar exemplos e novas ferramentas, além de se lembrar das ferramentas que já deram certo em nossas vidas.
Postar um comentário