Ser líder

Por Marcelo Martins

Liderança é a capacidade de inspirar, causar motivações e ampliar as competências de seus liderados, lembrando que se lideram pessoas. São desafios do líder:

  • Reter os melhores talentos que estão sob seu comando.
  • Motivar com as ferramentas que possui.
  • Pensar, planejar e criar estratégias.
  • Superar as expectativas do cliente.
  • Estar sempre pronto para mais.
O processo já está lá, existem normas e procedimentos, ferramentas e metas, e você só precisa que alguém faça. Pronto, começou seu problema como líder, pois você não vai fazer, e sim fazer com que alguém faça e, além de tudo, benfeito.

Temos de, neste momento, analisar de que maneira trataremos cada liderado, entendendo que existem perfis e graus de motivação diferentes. Alguns casos necessitam de pulso forte, em que o líder percebe que o trabalho não sairá e a empresa será prejudicada. Ele tem de usar seu talento e retomar o controle da situação de forma rápida, pois não poderá utilizar esse método sempre.

Na maioria das vezes, o líder tem de ser acolhedor e mostrar para sua equipe a necessidade de se fazer resultados. São estilos de liderança:

  • Afetivo – Privilegia mais uns que outros.
  • Autoritário – Pensa na relação do poder unilateral.
  • Treinador – Estimula o desafio ao crescimento profissional a todo o momento.
  • Participativo – Estimula a participação dos liderados na tomada de decisões.
  • Direto – Trabalha com metas claras, determinando o que está certo ou errado.
  • Laissez Faire – Não interfere nos processos e decisões da área (falta de liderança) – está lá porque precisa de alguém para a função.
Talvez você tenha de utilizar um pouco de todos os estilos, mesmo o Laissez Faire para sentir o comportamento da equipe.
Postar um comentário