Sonhos e objetivos.

Sonhos e objetivos

Ouço muito as pessoas falarem que estão insatisfeitas com suas vidas. Reclamações mil a todos os cantos. Mas, como mudar isso?
Existem algumas categorias de pessoas neste vasto universo.
Existem pessoas que vivem a vida por viver, sobrevivendo, e não fazem ideia que podem mudar. Isso independe de classe social ou cultural. Simplesmente não sabem que podem querer mudar. A essas, esse artigo com certeza será de extrema valia.
Existem aquelas pessoas que não desejam programar seus futuros pois têm medo do fracasso, da frustração de não realizarem o que almejam. Essas pessoas se acomodam, vivem o aqui e o agora e não pensam em futuro. E, se pensarem, é algo muito impreciso, distante.
Outra categoria de pessoas são as que querem muito conseguir mudar suas vidas, mas apenas não sabem como fazê-lo. A essas também este pequeno artigo poderá ajudar.
E você, como está investindo em seu futuro? Tem planos, projetos? Que tal aproveitar o momento para “renovar” seus sonhos?
Falando sério, como você quer estar daqui 10 anos? Sabia que você pode plantar as sementes de seus sonhos?
Vejamos! Comece pensando nas áreas de sua vida que merecem uma atenção especial. Geralmente são aquelas que ficaram esquecidas, e algumas vezes geram uma certa frustração quando pensamos nelas.
Vamos cuidar um pouquinho delas? Comece avaliando que nota daria para ela, de 1 a 10. Feito isso, agora você sabe quanto deve caminhar para atingir um 10. Pense no que você quer melhorar. Sem censura ou sem pensar se é possível ou não. Se você fosse diretor do filme de sua vida, como o faria? Lembre-se, você é o protagonista, ator principal. Capriche.
Vejamos, se essa área carente for a financeira, e se sua atual situação for “negativa”, ou mesmo 1 ou 2, como seria se fosse 8 ou 9? O que você estaria fazendo? Como se sentiria e como as pessoas ao seu redor te veriam? A isso chamamos “evidências”, ou seja, sinais que você vai colher de que o que deseja está realmente acontecendo.
Agora responda, se isso só depender de você, quando (é, coloque uma data ou um período para que isso aconteça) quer que isso aconteça? Com alguém em especial ou sozinha, você mesma?
Assim você vai caminhando traçando as rotas que o levarão ao seu destino. Por isso muito importante é saber onde quer chegar. Imagine-se pegando um táxi e o motorista lhe perguntando onde quer ir e você não saber? Ele vai te levar para qualquer lugar e você não vai poder reclamar. E isso acontece com tanta gente!
Responda sinceramente, o que te impediu de já ter conseguido isso? Foi falta de organizar sua agenda, falta de disciplina, preguiça, o quê? Identificando o impedimento você pode trabalhar para supera-lo. Muitas pessoas não conseguem atingir seus objetivos simplesmente por não ter segmentado, dividido, quando este é muito grande. Exemplo, se alguém quer emagrecer 30 quilos, pode se desmotivar se pensar nos 30 de uma só vez. Entretanto, se planejar emagrecer os primeiros 5 quilos, vai se surpreender em cada etapa, até que, de repente, já emagreceu mais do que imaginava.
Tenha sempre em mente que muito importante é você ver o resultado pronto. Isso o motivará para as mudanças necessárias. Se ficar imaginando o quanto vai se privar, sofrer, isso o fará desistir antes mesmo de ter iniciado. Todas as estratégias de motivações levam a pessoa a ver o resultado pronto.
Alguém pode te ajudar a conseguir o que quer? Ou, alguém que você conheça já conseguiu algo similar? Converse e troque ideias com essas pessoas. Enriquecerá seu repertório de alternativas.
O final de ano, para muitas pessoas, é triste, deprimente. Por que será? Muitas vezes, neste período, muitos se dão conta do quanto o ano “voou” e do quão pouco foi feito em termos de realização. Não, o tempo não voa, ele tem exatamente a mesma medida de 10 anos atrás. Entretanto, por ter vivido muita rotina, seu cérebro não registra este tempo passado e você tem a sensação de não ter percebido ele passar. Ao contrário, lembre-se de uma situação em que fez uma viagem de apenas alguns dias para um lugar novo, desconhecido. Você volta com a sensação de que muitos dias se passaram, as vezes a sensação de que os meses correram, mas isso é apenas uma ilusão, pois o seu cérebro registrou cada nova ação, para ele antes desconhecida, e o tempo ficou com cara de longo!
Vamos fazer algo diferente neste final de ano? Comece por seus sonhos. Coloque-os no papel, comprometa-se com eles! Como seria dar uma bela viravolta em sua vida para tira-la da mesmice de todos os anos anteriores? Você não acha que merece um “upgrade” em sua condição humana? Depende de você! Eu o convido a não aceitar a mesmice, a rebelar-se contra tudo que o insatisfaz e inaugurar 2011 com grandes projetos. Siga o bê-á-bá acima e você se surpreenderá com os resultados. Apenas cuidado para não ser muito feliz!
Rebeca Fischer é instrutora da SBPNL – Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística
Postar um comentário