Quantos diamantes joguei ao mar sem me dar conta do que estava desprezando?

Diz a lenda que, certa vez, um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia. Pensava desta forma: Se tivesse um carro novo, seria feliz. Se tivesse uma casa grande, seria feliz. Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz. Se tivesse uma parceira mais bonita, seria feliz. Nesse momento, tropeçou com uma sacolinha cheia de pedras e começou jogá-las uma a uma no mar cada vez que dizia: "Seria feliz se tivesse..." Assim o fez até que ficou somente com uma pedrinha na sacolinha, que decidiu guardá-la. Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso. Pensou: - Quantos diamantes joguei ao mar sem me dar conta do que estava desprezando? Por olhar apenas para o que nos falta, não será que estamos desperdiçando oportunidades valiosas de sermos felizes com o que já temos?
Postar um comentário