Sucesso: conquistar ou copiar?

A sua busca é o sucesso ou aquilo que ele pode proporcionar?
- O que é de fato sucesso para você?
A busca incessante pelo chamado “sucesso” passa por todas as correntes ligadas a Desenvolvimento Humano: PNL, Coaching, Neuromarketing, Mentoring, filosofia, autoajuda, terapia, renascimento e principalmente: VOCÊ, pois sem você, nenhum estudo é importante!

Talvez, em primeiro plano, o sucesso possa ser planejado de forma menos indolor e estereotipada. É claro que trabalhar muito, sacrificar momentos de lazer em massa e atualizar-se todo dia ainda continuam sendo três passos fundamentais para chegar onde você deseja. Estes passos já estão disponíveis em muitos sites, livros, palestras e treinamentos do mercado. A pergunta que faço aqui é outra: quando iremos parar de comparar o nosso sucesso ao sucesso da maioria das pessoas que estão ao nosso redor?

Ao se deparar com um bom exemplo de profissional, modelar as características que ele possui de melhor é fundamental. A questão central é identificar o momento certo de abandonar este processo de exemplificação e resgatar o que VOCÊ tem de melhor.

Ou seja, aprender com profissionais brilhantes é promissor, tornar-se cópia destes é o mesmo que anular quem você era antes de admirá-lo.
Neste sentido, a busca pelo sucesso, objetivo principal deste artigo, pode ser “transferida”. Explico: a cada dia, me deparo com pessoas que não sabem mais se os seus objetivos, sonhos, crenças e valores são de fato todos seus.
Ao admirar profissionais, amigos, familiares e colegas de trabalho, copiamos suas competências mais admiráveis e sem perceber, corremos o risco de comprar também o que eles entendem como sucesso, pois pessoas brilhantes nos vendem o pacote completo.

Embora existam outras diversas, quero aqui sugerir apenas três dicas para você não cair nesta “armadilha”:
  1. Ao copiar uma pessoa que você admira, tenha a certeza convicta de que está copiando o COMPORTAMENTO da pessoa e JAMAIS a sua personalidade.
  2. Sucesso coletivo só existe no ambiente corporativo. Quem decide o que é sucesso em sua vida é você, portanto mande este recado para quem lhe criticar sobre a sua visão de sucesso.
  3. Lembre-se: quando o assunto é sucesso, coragem e ação são dois adjetivos imprescindíveis. É como a montanha-russa: o mais difícil é ser corajoso e subir, para descer só há um sentimento: ação... a menos que você conheça alguém que subiu até o topo da montanha-russa e conseguiu convencer a organização do parque a desistir e voltar. Duvido!
A escolha, como sempre, é apenas sua!

Por Edilson Menezes
Postar um comentário