As regras de ser humano


Você receberá um corpo: você pode amá-lo ou odiá-lo, mas ele será seu ‘veículo’ pelo tempo em que você estiver aqui na Terra.
Você vai aprender lições: você está inscrito na Universidade da Vida. Cada dia será um novo dia de aula, e você terá oportunidades constantes para aprender. Você pode gostar ou odiar essas lições, mas elas farão parte do seu currículo para sempre.
Não existem erros, apenas lições: crescer é um processo experimental, de tentativas e erros. As experiências que ‘falham’ são tão importantes nesse processo quanto as que dão certo.
Uma lição é repetida até que seja aprendida: uma lição será apresentada de diversas formas até que você realmente a aprenda. Assim que você aprender, poderá avançar para as próximas lições.
O aprendizado nunca termina: não existe uma parte da vida que não contenha lições. Se você está vivo, ainda existem coisas para aprender.
‘Lá’ não é melhor do que ‘Aqui’: quando seu ‘lá’ transformar-se em ‘aqui’, você simplesmente criará um outro ‘lá’, que vai parecer melhor do que o seu ‘aqui’.
As outras pessoas são seus espelhos: você não pode amar ou odiar algo sobre outra pessoa sem que na verdade isso reflita algo que você ama ou odeia em si mesmo.
O que você faz da sua vida é com você: você tem todas as ferramentas e as matérias-primas necessárias. O que você faz com elas é sua responsabilidade. A escolha final é sempre sua.
As respostas estão dentro de você: as respostas para suas maiores dúvidas existenciais estão dentro de você. Tudo o que você precisa fazer é olhar, ouvir e acreditar.
Você esquecerá de tudo isto ao nascer! Mas poderá lembrar-se sempre que quiser...
Anônimo
Postar um comentário