Seis formas de juntar dinheiro para viajar por um ano


publicado no Catraca Livre
O Projeto ViraVolta, que fala sobre transformação pessoal através de viagens longo prazo, mostrou na sua última matéria que é possível viajar o mundo gastando quase nada se você é um viajante arrojado.
Mas se você é um viajante padrão, que deseja considerar todos os custos de uma longa viagem, vai precisar juntar uns 30 mil reais para viajar um ano. Afinal, como conseguir essa grana? Eles avisam, não existe mágica e pra alcançar os objetivos é preciso ser focado e fazer alguns sacrifícios. Mas tudo será recompensado durante a sua maravilhosa experiência de viajar por longo prazo.
viajar
Conheça seis formas para conseguir a grana
1- Reavalie e reduza os seus gastos mensais: dinheiro voa e poucas pessoas se preocupam em analisar suas finanças pessoais com frequência. Faça uma análise nos seus gastos e você vai ficar chocado com o quanto gasta e quanto disso é realmente necessário. Veja uma breve estimativa de economias que você poderia implementar:

 
Tabela_de_Economias
2- Defina uma meta de economia: depois que você reavaliar os seus custos fixos e variáveis, vai ser possível comparar suas entradas e saídas para definir o seu potencial de economia mensal. Defina a sua meta de economia e confira todo mês se você está atingindo. Seja focado e não coma bola. Não atingiu a meta em um mês vai ter que recuperar no próximo. Conseguiu economizar mais é bônus, no próximo mês a meta continua a mesma. A determinação é a alma para a realização de qualquer sonho!
3- Venda suas coisas: você já notou como o ser humano adora acumular coisas que quase nem usa? Reavalie tudo o que você tem e comece a desapegar já, pois numa vida de viagem se vive com muito pouco. Assim você já vai entrando no clima. O casal Camila e Chico venderam boa parte de suas coisas antes de sair pelo mundo e arrecadaram R$ 4.780,00 com o Bazar organizado por eles e que foi divulgado pelo Facebook. E que tal vender o seu carro? Isso sim te daria uma boa grana rápida. Você quer realmente deixar ele parado na garagem por 1 ano ou mais? Desapega!
4- Faça uma renda extra: você tem um quarto sem uso em casa? Porque não aluga esse quarto no Airbnb ou chama um amigo pra morar com você? Você tem algum talento artístico, com línguas, culinária… que pode ser válido para outras pessoas? Você poderia ganhar um extra com ele nas suas horas vagas. Por exemplo:
Dar aulas particulares de guitarra
Dar aulas particulares de matemática, português, etc, para crianças com dificuldades na matéria
Dar aulas particulares de língua
Vender bolos, doces, geléias e outras delícias culinárias
Vender itens de artesanato feitos por você
Você não viu a história do brasileiro que juntou R$ 9 mil em 3 meses vendendo brigadeiros pra fazer uma viagem que ele queria muito mas não tinha o dinheiro? Quem quer consegue.
5- Faça crowdfunding ou consiga patrocínio: se a sua viagem está atrelada a um projeto social ou uma idéia super legal, você pode conseguir fundos para bancar a viagem. Mas não faça se você não estiver realmente comprometido com o projeto, pois quem investir em você vai querer ver os resultados. Você pode montar um projeto para pedir patrocínio a empresas ou arrecadar fundos por um site de crowdfunding (financiamento coletivo). Já existem vários no Brasil.
6- Faça um empréstimo: esse é provavelmente o último recurso a ser tentado. Se você não conseguir com as 5 formas acima ainda existe uma opção. Agora você está pensando: “mas que absurdo fazer um empréstimo pra viajar o mundo!” Absurdo porquê? O Rafael Câmara, do site 360 meridianos, financiou a viagem dele e ele coloca um ponto muito bom. “Pessoas financiam carros, casas, produtos, MBAs… porque não podemos financiar um sonho?” Afinal você vai aprender muito com essa experiência e ainda pode transformar a sua vida.
Na vida sempre existe uma solução, basta ter foco e criatividade. Vai que dá!