Cinco curiosidades sobre Napoleão Bonaparte.

Ele não era tão baixo.

Na verdade, Napoleão tinha uma altura comum, ainda mais para o século XIX. Ele media 1,68 metro, três centímetros a mais do que seu grande rival britânico, o duque de Wellington, que o derrotou na batalha de Waterloo. E este, por sua vez, nunca ficou conhecido como "baixinho".




Mão na barriga
13.09.2005 - DIVULGAÇAO - BV - EXCLUSIVO - Portrait de Napoleão como Primeiro Cônsul, 1804, de ean-Auguste-Dominique Ingres. Coleção do Museu de Arte Moderna e de Arte Contemporânea da Cidade de Liãge. Exposição "Nelson e Napoleão", no National Maritime Museum, em Greenwich. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O gesto, que aparece na grande maioria de seus retratos, tem duas explicações. O imperador sentia fortes dores, provocadas talvez por um câncer no estômago, uma úlcera ou uma hérnia, especulam alguns historiadores. Enquanto posava, ele apertaria o abdômen para aliviar a dor. Outro aspecto é que o estilo classicista da época apreciava tal posição.

Enterrado sem o pênis
morte de Napoleão Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O órgão sexual do francês foi amputado horas depois de sua morte. A principal hipótese é de que a amputação tenha sido feita durante a autópsia, realizada pelo médico Francesco Antommarchi. Alguns relatos dão conta de que o médico não apreciava Napoleão e teria se "vingado" dessa forma. Em 1977, um urologista americano adquiriu o pênis em um leilão

A decepção de Beethoven
23.11.2004 - Divulgação / Museu do Louvre / E MAIL - BV - EXCLUSIVO - Le sacre de l'empereur Napoléon Ier et le couronnement de l'impératrice Joséphine le 2 décembre 1804, óelo sobre tela, de Jacques-Louis David (1748-1825). Participa da exposição "Le Sacre de Napoléon peint par David. Bicentenaire du sacre de Napoléon, 2 décembre 1804", no Museu do Louvre Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ludwig van Beethoven era fã de Napoleão, seu contemporâneo. Tanto que compôs, em sua homenagem, a sinfonia "Buonaparte". O nome do então primeiro cônsul, porém, foi riscado da capa da partitura quando ele se autocoroou imperador, tomando a coroa das mãos do Papa. Beethoven considerou o ato tirânico e renomeou sua sinfonia, que virou "Eroica".

Vestígios racistas
08.01.1998 - REPRODUÇÃO - SC - NAPOLEÃO BONAPARTE. Foto: reprodução
Foto: reprodução

O imperador é considerado por Claude Ribbe, autor do livro “Os crimes de Napoleão", como um dos precursores de Hitler. Segundo o escritor, o francês proibiu militares negros de morar em Paris, barrou casamentos entre raças e revogou a abolição da escravatura nas colônias. Ele também teria criado campos de concentração na Córsega e na ilha de Elba.